quarta-feira, setembro 13, 2006

O Valor das Coisas

O valor das coisas,
Não está no tempo que elas duram,
Mas na intensidade com que acontecem.

Por isso,
Existem momentos inesquecíveis,
Coisas inexplicáveis,
Pessoas incomparáveis.

Fernando Pessoa

11 comentários:

papoila disse...

fizeste-me sorrir...

não sabia que era de FP

tenho estas frases gravadas no meu pc há uns dois anos, dedicadas a uma pessoa muito especial para mim...

beijos

Putty Cat disse...

Fantástico!

Esta frase, escolhi-a para marcador da minha mesa de casamento. Mesa Fernando Pessoa...
Digam lá que não há coincidências...

Agora fiquei bem disposta!

Bom dia a todos.

papoila disse...

putty, afinal temos coisas em comum...

Putty Cat disse...

Papoilinha!

Houve uma pessoa que passou pela minha vida que um dia me disse que não se acreditava em coincidência. Que tudo é uma relação de causa efeito...

Será?

Todos nós temos pontos em comum com outras pessoas, O interessante é encontrá-los...

divina disse...

Divinal!!

Bom dia,
Atribuimos o valor das coisas de acordo com a importância e a ligação que partilhamos com as pessoas que nos rodeiam....
Alturas há, em que infelizmente não consigo demonstrar aos outros o verdadeiro valor que têm para mim..

beijinhos

papoila disse...

espero que não seja tudo uma relação causa - efeito.... mas acredito que grande parte será.
não é à toa que existem vários proverbios nesse sentido...

ontem pensei várias vezes neste tema, tenho tido várias "discussões" com a minha menina mais velha e ela está a ter reacções, que não gosto, e que reconheço em mim, para com a minha mãe... é incrivel!!
mas há quem diga "filho és, pai serás...)

isto tem contribuído para repensar a minha postura para com a minha mãe e para com as minhas meninas. não gosto mesmo das reacções que ela está a ter!

pelo menos que dê para eu mudar a minha postura...

Putty Cat disse...

Considero que esse problema,é comum a muitas pessoas.
Temos pessoas incomparáveis na nossa vida, pessoas fantásticas que se cruzam connosco. A vida dá-nos esse privilégio, mas poucos sabem dar o valor, a não ser qdo as perdemos.
Falo, infelizmente por mim. E msm tendo essa infeliz consciência, continua, em muitos momentos dificil de mudar.
Temos uma consciencia "inconsciente" que as pessoas, momentos e oportunidades, não duram para sempre, nem estão sempre à mão de semear.

Anónimo disse...

oi divina... infelizmente acho que esta incapacidade é comum a muita gente...

acredito que seja fruto, para além de outras coisas, da nossa educação e da porcaria de vida de correria que levamos...

voltando ao post, tenho uma relação com uma pessoa que é muito especial (o meu amigo imaginário - este comentário é para a putty...). há uns tempos atrás cheguei à conclusão que esta relação terá sempre muitas limitações e aprendi a viver/aceitar a relação assim. nessa altura, por coincidência ou não, estas frases de FP chegaram até mim como "pensamento do dia". Gostei tanto dela e identifiquei-a a 100% com esta relação que a tenho guardado comigo até hoje...

sempre que a leio sinto-me bem. mexe cá dentro...

papoila disse...

este anónimo sou eu....

Brain disse...

Bom dia,

O meu comentário ao meu próprio post:

Eu acredito na longevidade das relações. Acredito e defendo isso.

MAS acredito também, que a maior parte das vezes, não "reparamos" devidamente em todos os "momentos" e em todas as pessoas.

Nesse sentido, identifico-me com este pensamento, por achar que há "momentos inesquecíveis" que nos passam ao lado, à "pessoas especiais" com as quais acontece o mesmo.
Vivemos de tal forma "ocupados" que não reparamos muitas vezes no que nos rodeia.

Assim, estejam atentos, reparem nos vossos colegas, companheiros, com quem se cruza convosco, porque quem sabe... há por ali alguém "especial" com quem muitas vezes convivemos diáriamente, sem "as ver".
Ou então, por não estarmos atentos, há alguém com quem nos cruzamos pontualmente, mas que por não lhe atribuirmos a "importância/atenção" que podiamos e deviamos.

Beijo a todas.

Flor disse...

Boa tarde,
Hoje manhã ocupada.
Fernando Pessoa,frases bonitas,verídicas e tão actuais.
Quanto aos comentários,de modo geral,concordo.
Leva-me tudo isto a pensar que a necessidade de classificar vivências,estraga por vezes.
Momentos inesqueciveis,não os melhores,não os piores...
Sempre achei que a indução matemática se reportaria à vida!Umas coisas,induziam a outras e assim o fio condutor teria contorno e seria "guia".
Pois ,hoje não penso assim!
"A vida é feita de pequenos nada",diz Sérgio Godinho numa letra.
E é!Pequenos nadas,pois sendo por vezes o melhor que tivemos,foi-se!
Era o maior no tamanho ,pequeno na duração.
Pois,a paleta de cores deve estar sempre na mão.
Hoje tudo rosa,amanhã um cinza,e sucessões de tons,onde a intensidade dá uma vida diferente à própria vida.
Se ontem fui Feliz,e fui;hoje tenho outra força,mesmo que abafada.
Esta composição ,onde se tiram e colocam notas,são dias de vida!E cada um vai dando o seu tom.
No fundo,conjuntos de grandes momentos,fazem de nós gente Feliz,e com vida cheia!