quarta-feira, maio 23, 2007

Aniversário

Hoje é o dia do meu 37º aniversário.

Mais um,
E como já não são poucos,
Nada de novo.

Nada de novo, a não ser...
Uma ausência.

Uma ausência Grande,
E muito Sentida!

Este ano,
Pela primeira vez,
Não vai haver aquele telefonema,
Não vai haver aquele bolo caseiro,
Não vai haver a habitual camisa de prenda...

Por isso este ano,
Dedico por inteiro esta minha celebração,
Aos obreiros da minha existência,
E em especial,
À minha Mãe!

E porque as palavras hoje,
Custam a passar da garganta,
Vou usar as de outro,
Mas que tão bem,
Espelham as minhas.

Para ti, Mãe, que com os teus olhos, me viste nascer,
De mim, Mãe, que com os meus olhos, te vi morrer:

Palavras para a minha Mãe

Mãe, tenho pena. Esperei sempre que entendesses
As palavras que nunca disse e os gestos que nunca fiz.
Sei hoje que apenas esperei, Mãe, e esperar não é suficiente.

Pelas palavras que nunca disse, pelos gestos que me pediste
Tanto e eu nunca fui capaz de fazer, quero pedir-te
Desculpa, Mãe, e sei que pedir desculpa não é suficiente.

Às vezes, quero dizer-te tantas coisas que não consigo.
A fotografia em que estou ao teu colo é a fotografia
Mais bonita que tenho. Gosto de quando estás feliz.

Lê isto: Mãe, amo-te.

Eu sei e tu sabes que poderei sempre fingir que não
Escrevi estas palavras. Sim, Mãe, hei-de fingir que
Não escrevi estas palavras, e tu hás-de fingir que não
As leste. Somos assim, Mãe, mas eu sei e tu sabes.

(José Luís Peixoto in "A Casa, a Escuridão")


53 comentários:

Putty Cat disse...

Ausências que nos dilaceram.

MAS, enquanto festejares os teus aniversários, ela será também festejada, porque foi ela a responsável por TU andares por cá a honrares-nos com a tua presença e companhia.

Portanto, enquanto viveres, ela estará na tua carne, no teu sangue no teu espírito, perpetuando-se na tua descendência.

Por isso, "alimenta-te" bem e estarás a alimentar a sua memória.

Enquanto NÓS vivermos...
Ninguém nos "morrerá", caro amigo.

E por tudo isso:

HOJE NÃO DEIXA DE SER UM DIA DE FESTA!
O DIA EM QUE VIESTE AO MUNDO PARA NOS PORES O CÉREBRO A QUEIMAR! :)

A ti,

Um Beijo Sentido de muitos PARABÉNS!

Bottoms up!!! Tchim! Tchim!!

JOCARES disse...

Muito sentido este POST...

Os meus sinceros PARABÉNS, que este dia lhe proporcione tudo do melhor e que todos nós apoiaremos a continuidade deste tipo de Post's fantásticos...

Lembra-te que brevemente irá ser deste modo:

Quando penso o que passei
Fronteiras de solidão
Tinha prá dar e não dei
Olhei para mim e pensei

Não tenho nada na mão
Tive o tempo e não senti
Tive amores e não amei
Os amigos que perdi
E as loucuras que vivi
São tantas que já não sei

Quem eu era, quem sou eu e quem pareço
Se alguém hoje me espera, com certeza que mereço
Mereço ainda ,amor a tua presença
Para enfrentar a vida, com a ternura dos quarenta

Foram tantas as idades
Da vida que atrás deixei
Não quero sentir saudades
Vou em outras amizades

Amar o que não amei
Os copos que não bebi
Os discos que não toquei
Os poemas que não li
Os filmes que nunca vi
As canções que não cantei

Meus amigos, importante é o sorriso
Para seguir viagem
Com a coragem, que é preciso
Não adianta ,deitar contas a vida
A ternura dos quarenta
Não tem conta, nem medida

"O tempo cura o que a razão não consegue curar."

Um forte abraço,

Jocares

Fofa disse...

Muitos Parabéns aos três!!

Sim, porque no nosso aniversário os nossos pais também estão de Parabéns!

A ti, que completas mais uma primavera, um dia inesquecível, com aquela prenda mmuuiiito especial!!!!

Bjo ESPECIALMENTE fofo!

mªjose disse...

Olá.
Pois...as palavras certas...
Que sei eu???
Volto depois,com mais tempo???
Não!

Deixo do que recebi!!!!!
Porque nem me atrevo a dizer que vá de novo ler :)

1 . Na véspera de meu ultimo e bem recente aniversário,escreveram-me palavras que são também laços familiares de toda uma vida!

"...quero as cores todas do arco-íris para pintar de alegria o teu coração. as cores todas, uma a uma, para te dar a força dos passos em frente."

2 . Pois... e como em tudo... há sempre alguém que se atreve a revelar o que mantive mais ou menos em silêncio!
Outras pessoas não disseram mas uma colega de trabalho... não resistiu!!!
Um carinho... e um querer ...
Deixei ficar!
Até porque me soube bem...

"olá... quero as cores necessárias para te escrever esta frase...
UM FELIZ ANIVERSARIO...."

3 . Faço minhas, para si, estas palavras e o que em si mesmas transportam.
Porque o importante muitas vezes passa um pouco ao lado das lojas!!!!!
(Embora goste de receber e dar presentes!)
Hummmm.... Ei....
Faça um brinde à Vida num dia feliz.

4. (Ai... era aqui que queria chegar!! Demorou... :) )
PARABÉNS!
Um abraço,

papoila disse...

MUITOS PARABENS Brain!!

beijos

margusta disse...

Brain,
...vim parar a este teu cantinho...em boa hora cheguei!...Parabéns!!!

Também eu este ano, pela primeira vez fiz anos com uma ausência sentida...meu pai, tinha partido á pouco tempo...

A falta da mãe deve doer muitooooooooooooo...
Comovi-me ao ler-te!...

Um beijo sentido!

TAU TAU TUFA disse...

Amigo!
Só quero dizer-te que me sinto uma privilegiada por te ter como amigo. Quem assim expõe o que sente é um bom filho, um bom amigo, um bom homem, um bom irmão, um bom pai...
Parabéns!Englobo os teus "obreiros". Obrigada por tudo quanto me tens dado.
beijo-te com amizade

Jose disse...

Meu caro amigo é o teu primeiro aniversário sem ela, mas olha sabes bem que o tempo vai amaciando a dor. Eu já perdi a minha há 16 anos, E foi o nascimento do meu filho passado um ano que que funcionou como um balsamo para minha existência.
Por isso entendo muito bem a tua dor.
Escreve, escreve muito sobre ela só te vai fazer bem.


Um abraço


Jose

PAH, nã sei! disse...

Apesar de novata por este cantinho, já "ganhei" o hábito de cá vir espreitar :)
Hoje, apesar da presença de uma dor que (felizmente) não conheço, não posso deixar de lhe desejar um aniversário cheio de felicidade.... e que as ausências sejam preenchidas, não por dor mas por alegrias...

borrowing me disse...

PARABÉNS!!!!!!!
muitos parabéns, muitos anos de vida.

beijinhos!

Twlwyth disse...

Parabéns Brain!
Gostei muito do teu post e fiquei emocionada com a dedicatória à tua mãe. Não deve ser fácil, mas acredito que tenhas à tua volta presenças importantes que te ajudem a superar essa ausência tão sentida.
37 beijos!

as velas ardem ate ao fim disse...

Parabéns!
Muitas e muitas Felicidades!

Bjos

Morrigan disse...

Parabéns por mais um ano...
Os ciclos de vida são assim mesmo...
Nunca te esqueças que há um ano houve bolo caseiro...houve, é passado, mas houve. E se fechares os olhos, esqueceres tudo à tua volta, ouvires apenas as tuas memórias , aposto que ainda lhe sentes o gosto. Um beijo doce.

anne disse...

Olá Brain, que bom passar logo no dia do teu aniversário. Parabéns e um beijo. Que sentido e emocionante texto. Sei como é isso, porque também já não tenho a minha por perto (fisicamente)
Sei que deves a tua, o caminho da inventividade. A tua estrada foi traçada com esmero, visando garantir os recursos de uma subjetividade, que rebentou num "EU" com quem te indentificas verdadeiramente.
Evocar os momentos, o cheiro da mãe, as palavras, o toque, fazem-nos sufocar de saudades.
O que sobrou foi um imenso depósito de lembranças, mas sei que onde elas estiverem, estarão também sentindo o cheiro dos tempos que foram delas. Um abraço de carinho e fica bem.
Anne

NARNIA disse...

Guardamos no coração aqueles que nos são queridos,vão estar sempre presentes.
Parabens.

BJ

Vity disse...

Ola ...

Parabens pelo teu aniversário....
Parabens pela tua sensibilidade e amor de filho ...
Lindo o poema que dedicas á tua mãe...
Nesta fase de dor e tristeza, devemos recordar todos os momentos bons vividos ... os carinhos trocados ... e acima de tudo saber que demos o melhor de nós enquanto eles (pais) estiveram vivos...
Esta certeza, a certeza de ter sido uma filha amada e que sempre esteve presente em todos os momentos bons e maus, é que me tem ajudado a superar a recente perda do meu pai....
A saudade ... essa aumenta a cada dia...
Mas é bom ter saudades... muito bom... porque assim mantemos viva a memória dentro de nós...
Força...
Beijo com carinho
Vity

mariazinha disse...

Parabéns, Brain!
Beijos

Azul disse...

OLá Brain!

Parabéns por este dia! Desejo-te as maiores felicidades não só neste mas em todos os dias.

Linda a Homenagem à tua Mãe.

Um beijinho
Azul

PS: Desejo que esteja tudo a corre bem com a tua Wife...

sonhadora disse...

Lindo! tanta ternura, tanta gratidão, tanto amor. Parabéns!
Beijinhos embrulhados em abraços.

Utzi disse...

Os meus parabéns... atrasados mas sinceros. Um beijo grande :)

Alex disse...

Ausências que guardamos na memória e nos aquecem.
José Luis Peixoto ... ando a descobri-lo.

Um beijo de parabéns atrasados ...

adc disse...

Nada poderá preencher esse vazio. Pouco a pouco aperceberte-ás de que as pessoas que amas farão sempre parte de ti, em todos os teus gestos e em todos os espelhos em que te reflectes.

Beijos de melhor dia e noite da adc

impulsos disse...

Gostava de ter umas palavras lindas e cheias de alento para te poder consolar a alma...
Na ausência delas,resta-me pois deixar-te algo que um dia escrevi para o meu pai, mesmo sabendo que, também já não o iria ler...

Se hoje sou quem sou
É porque tu me ensinaste a ser!
Se não fosse o teu carinho
O teu amor... o teu querer...
Não saberia ser quem sou
Não teria encontrado o meu caminho
Não saberia olhar com olhos de ver!
A vida cheia de cor
O mundo ferido de dor
O verdadeiro sentido do amor
A pobreza das almas sem nenhum valor
Sou o fruto do teu saber
A tua maior riqueza até morrer!
Agradeço-te pois
Mesmo não te podendo dizer...

Deixo-te um beijinho de parabéns, ainda que um dia atrasado, mas cheio de carinho e amizade

BEIJO

Aspásia disse...

CARO BRAIN

TENHO-ME CRUZADO CONSIGO POR AÍ EM CASAS DE AMIGOS COMUNS.
LOGO HOJE, LEMBREI-ME DE PASSAR POR AQUI.
NUM DIA Q DEVIA SER DE ALEGRIA MAS ONDE ESSA PERDA, NA SUA AINDA JOVEM IDADE, SOBRESSAI MAIS.
JÁ PERDI MINHA MÃE HÁ 5 ANOS E CONTINUA A FAZER-ME MUITA FALTA.

PARABÉNS E UM ABRAÇO SENTIDO.

Secreta disse...

Apesar de atrasados deixo os meus Parabéns. Espero tenhas passado um bom dia , na medida do possivel ...
Beijito.

Ana disse...

Há sempre algo de novo, principalmente quando os anos se vão acumulando. E, apesar de existirem coisas aque diferem de ano para ano, umas mais nefastas que outras... Há sempre essa razão para celebrar, a prova de momentos de amor que nos criaram e acompanharam. Só por isso vale a pena festejar.

E o texto, tal como a escrita fabulosa de josé Luis Peixoto, é genial. Nunca conseguimos fazer nem dizer tudo o que gostarias a quem amamos.
Um abraço.

sonhadora disse...

esporeavam éguas no meu sangue...era o amor.
Beijinhos embrulhados em abraços

White Angel disse...

Sempre que lembremos as pessoas amadas elas nunca morrerão!

Muitos parabéns (atrasados mas votos sentidos)!

Beijos e sorrisos com carinhos...

Isabel disse...

Chorei, ao ler estas palavras, com uma carga emotiva que a mim me toca, particularmente. Passei pelo mesmo safanão" há alguns meses; hoje, celebra-se o aniversário do meu pai, pela primeira vez sem estarmos juntos e, daqui a 3 meses será o meu aniversário.
Desculpe por ter pensado no que me dizia o poema antes de, com todo o carinho, lhe desejar toda a força e sorte do mundo.

Bjt

collybry disse...

Meus parabens e que a estrada se abras nos anos vindouros...meu doce beijo e meu rastooo

Eugenia disse...

Encontrei o teu espaço atravès da Borrowingme!
Emocionei-me a ler as tuas palavras,felizmente ainda tenho os meus e não imagino a minha vida sem eles,è com eles que desabafo,são tudo para mim!!
Desejo-te tudo de bom na tua vida,e que estes 37 anos se repitam por muitos mais!
Lembra-te que ela (a tua mãe)estará sempre a olhar por ti ,quando vires uma estrela brilhar, é ela que te manda um beijo !
Fica bem!

Eugénia

Crystal disse...

Perdoa-me o atraso...Parabéns!

Tens aqui um texto arrepiante, um desabafo profundo e ao mesmo tempo uma homenagem maravilhosa, mesmo não sendo tuas as palavras...Soube-me tão bem ler-te ...

Um beijo

borrowing me disse...

então esses 37 anos...
sempre é como vinho do porto???
aposto que sim

gostei do comentário
mas sabes que neste assunto sou um pouco... doente...

obrigada amigo, pois é para estes "toques" que os amigos servem
para não ficar presa ao fundo...
bjs e bom fim de semana, até já

Amor disse...

Faço minhas as palavras da putty cat, embora já chegue tarde para o aniversário...
Ela existe por ser recordada, assim como todos nós. Palavras sentidas, as tuas.
(Obrigada pela visita ao meu espaço)

Abraço carinhoso.

Carol Montone disse...

Lindo e ela ouve pode ter certeza...beijos Carol Montone

Cinza disse...

Parabéns....

Andarilhus disse...

Brain,
Apesar de tardio, não é menos sentido: espero que tenhas tido um bom dia de reinício de ciclo e faço votos para que tenhas um óptimo ano, até ao próximo aniversário e tempo de renovar os augúrios.
Abraço
“(ºvº)”

Broken disse...

No meu post anterior despedi-me da Broken…
Convosco partilho alguns excertos de um monólogo por mim escrito de coração aberto áquele a quem Broken sempre se dirigiu.
Nas minhas palavras perceberão a razão pela qual me despedi da personagem por mim criada, à minha imagem, enquanto mulher invadida pela dúvida.

Branca disse...

É tarde para te desejar um bom aniversário, mas não o é para te desejar mais um ano de vida repleto de amor e tudo que de bom ele traz para a nossa vida...

A dedicação que fizeste deixou-me arrepiada,
não consigo imaginar o que será festejar o meu aniversário pela primeira vez sem a minha mãe, não o quero sequer imaginar, desculpa o meu egoísmo...
Mas, confesso que acredito que as pessoas não desaparecem nunca, apenas o corpo, a sua essência estará sempre connosco guardada em nossos corações e isso deixa-me um pouquinho mais descansada...

Boa semana! Beijinhos

por uma lágrima disse...

Cheguei tarde...
Mas nunca é tarde para aquele abraço sentido
Parabéns
Beijo

Som Do Silêncio disse...

Sei que já venho tarde pra desejar os parabéns...
Mas adorei o post, é simplesmente magnifico, apesar da tristeza que transmite.
Um Beijo em Silêncio

TAU TAU TUFA disse...

As tuas palavras são um forte incentivo para dar rumo a uma caminhada que há algum tempo venho adiando. Obrigada, amigo!
Beijinhos

A.S. disse...

Apesar de tudo meu amigo, que este dia seja para ti o prenúncio de muitos dias felizes! Eu sei bem quanto dói a saudade!...
Deixo o meu abraço de parabéns e a minha gratidão pela gentileza das tuas palavras!

gasolina disse...

Pudesse eu ter chegado aqui num outro dia...
Parabéns. Sussurrados, porque o som que deve escutar é dessa voz a chamá-lo para soprar as velas...sempre se há-de acender dentro de si, de forma renovada que a dor também isso faz. Eu ouço a minha mãe e o meu pai também. Basta querer e sorrir. Não diga nada de novo...de mim Parabéns, atrasados.
E as suas palavras são melhores do que usar as dos outros, porque são as suas, unicas para a lembrar.
Parabéns.

brisa de palavras disse...

Obrigada por me teres encontrado por ai no mundo da Net...fiquei muito sensiblizada com as tuas palavras à tua mãe...depois os parabéns muito atrasados...e mesmo sem blo caseiro...que haja um sorriso...
Voltarei
um abraço
brisa de palvras

linfoma_a-escrota disse...

AS FACES

Hoje analisei-te ao espelho pela primeira vez na vida.
Espantado perante tão vaga ideia de mim mesmo;
sempre escondi as marés do medo numa arrogância inconsciente,
agora compreendo os cristais gastos que criei como protecção
(viver sem me importar, afastando-me de todos).

Sou apenas nem um minúsculo suspiro
ensanguentado pelo engano da criação,
ervilha hérculea pervertida, polinizada sob a crosta
fechada a lacre personalizado no envelope interior,
aprendendo a lidar com a própria caricatura
e respirar paz prespectivando o nada aerodinâmico.

Compreendo que aqui e assim não quero ficar
enfrentando sozinho os recantos obscuros da personalidade,
pânico e histeria apoderam-se (gostava de conseguir desistir)
dada a complexidade de amarras desta injusta condição designada humana,
que as disfuncionais Felicidade e Maturidade apodreçam
fugindo por sombras invisíveis, esperando ao virar da esquina
pela revelação que me acorde deste sonho incompleto e
me esfaqueie até à enseada temida Morte...

2002
in FOTOSINTESE



WWW.MOTORATASDEMARTE.BLOGSPOT.COM

Rosa Maria disse...

Queria dizer-te mt coisa...mas perder-me-ia em devaneios, por isso aqui te dou os parabéns pelo aniversário, como tb pelo sentimento que tens dentro de ti...

Anónimo disse...

Poderia dizer-te: "Parabéns", dizer ainda palavras reconfortáveis de pesar(tantas vezes ocas de sentido,que não fazem sentido quando se está vazio), mas digo-te apenas e sem penas escrevo:
"estás vivo!"
(Má notícia para quem sente o que é a perda).

Post-scrip: não vi todo o teu blog, mas já deu para perceber que José Luis Peixoto é uma referência ...Lê ou relê "Morreste-me" é o que eu faço para aliviar a minha perda.

vou voltar...

Menina do Rio disse...

Eu fiquei sentida...
Tenho mãe, mas o bolo caseiro fica muito longe...

beijinhos

Estranha pessoa esta disse...

Brain ...
Bonita homenagem.. sentida!
E que bela escolha de palavras do Peixoto!

A tua sensibilidade estremece o meu desassossego.

Abraço enorme para ti de parabéns atrasados
***

Lya disse...

parabensss


mais vale tarde do que nunca!

beijo

Rui @t Blog disse...

Um abraço solidário, num Aniversário, que se não for feliz, o seja por A teres conhecido, amado e sido amado.

Maria-treva-flor disse...

disse que voltava..assim fiz (desta vez identificada) para te dizer:
" mãe, cada palavra que me ensinaste repete mil vezes o teu nome".
(José Luís Peixoto,in " a casa, a escuridão"

Beijo*