segunda-feira, setembro 24, 2007

Se Tu soubesses...


Se tu soubesses,
Da resposta cá dentro,
Que encobre a pergunta...

Se tu soubesses,
Do silêncio cá dentro,
Que prende o grito...

Se tu soubesses,
Do desânimo cá dentro,
Que seca as lágrimas...

Se tu soubesses,
Da dor cá dentro,
Que desmancha o sorriso...

Se tu soubesses,
Das tuas raízes cá dentro,
Que se espalharam por mim...

Se tu soubesses...
Do tanto de mim cá dentro,
Que pede por ti...

Se Tu soubesses...

22 comentários:

Putty Cat disse...

"Quando não há nada a dizer

Quando as palavras encravam na garganta

Quando as lágrimas não se soltam

Quando o grito se contém

Quando a vontade de fugir é adiada

Quando o espelho nos devolve apenas a solidão de um rosto

Quando tudo parece desencontrado

Quando o chão nos apela o olhar

E o céu se esquece de nós

Quando tudo parece estar perdido

Ou tudo está por descobrir

Ou tudo está ainda por viver.

Quando o silêncio nos devolve apenas…mais silêncio.


Quando as imagens nos retratam sem legendas


Quando te encontras contigo próprio

Quando consomes os teus demónios

E quando os anjos merecem morrer


É apenas isto.

Apenas isto.


Embrenho-me."

Utzi disse...

Mesmo que ela te diga que já sabe, nunca deixes de lho dizer...

Beijos e parabéns pelo belíssimo poema.

Chahy disse...

Se tu soubesses,
Das tuas raízes cá dentro,
Que se espalharam por mim...

O amor é erva daninha, furiosa, que nos invade, nos cerca, nos ata os pulsos, ai se tu soubesses...

Quem ama, sabe.

Claudia disse...

E quem diz que não sabe?

Beijo meu de regresso

mariazinha disse...

deve saber
só pode
:)*

su disse...

As lágrimas para além de alimentarem essas raízes, também secam perante o brilho do sorriso do ser amado. O silêncio prende-se com gritos e com gargalhadas e suspiros e palavras. As perguntas aliam-se às respostas em eterna comunicação...enquanto houver um e houver o outro...
Seja como for, as palavras nascem belas de cada vez que decides "falar"-lhe!
: )

Deixei-te um prémio para levantares lá na Teia, quando quiseres. Beijos em fio.

Som do Silêncio disse...

Olá Brian!

Acredito que sabe sim.
Mas colocando a hipotese que não, sabes o que fazes, não sabes? :)
Diz-lhe, que a resposta será linda...

Beijo Silencioso

borrowing me disse...

tenho vontade de gritar
por terem invadido o meu espaço deliberadamente
por que o que sou para ele não é real
porque ele apenas me dá montanhas, e eu apenas lhe peço o mar
não há direito de arrastar o amor de alguém por ai sem mais nem menos
não há direito de me fazerem sangrar... ainda sou muito nova....

Azul disse...

Dear Brain!

Perdoa-me o atrevimento mas... sabes?! Tenho a certeza de que a pessoa em questão e, nem preciso de referir quem, SABE MUITO BEM. Mas... se em algum momento a dúvida se apodera de ti, então... FALA-LHE, de coração aberto.

Ela, seguramente, que irá mais do que ouvir, escutar. E o resto... o resto é fácil de adivinhar quando duas pessoas se amam ASSIM.

Beijo para... os dois :)

Azul

as velas ardem ate ao fim disse...

Ai se Eu soubesse...

bjinhos

Lya disse...

Se todos soubessem, o que sentimos cá dentro... se todos soubessem, sem termos sequer dizer uma palavra... tudo seria mais fácil.

lindo como sempre :)

Maria José disse...

Se todos soubessem como outr'alguém pode saber e, mesmo assim, não se calarem as palavras abafadas ou desaparecerem as lágrimas escassas...

CM disse...

Brain,
se ue soubesse uma forma de mostrar a quem amo, tudo o que sinto, sem palavras... seria pereito! Seria perfeito que ele soubesse ler-me de cor...

Mais uma vez, perfeito poema... mais uma vez, me identifico

beijo

Simone disse...

Os "se's" da vida tornão tudo tão possível...
Lindo poema, Lindo!

Maria-treva-flor disse...

Suspiramos arduamente para que saibam o que nos vai na alma, mas se isso fosse possível à dimensão da qual achamos que sabemos nos conhecemos...deixaria de ter "graça".
Mas "prontos", quero que saibas que é mais um belo texto.

beijo*

Maria-treva-flor disse...

Ficou "tralharuco" o meu coment anterior, mas creio que ficou a ess�ncia da ideia.

Beijo

Bichinho disse...

Se...
Tu soubesses...
Ai como queria saber...
Se...

Beijo fantasma

Branca disse...

Se eu soubesse isso tudo, não seria eu seria tu próprio...

Beijinhos :)

adc disse...

São as raizes cá dentro que me aconchegam a alma, aninhando-se e alimentando-se de mim.

Bjs desarrumados

Vertigo disse...

'Se tu soubesses...
Do tanto de mim cá dentro,
Que pede por ti...'

Posso ficar com este? :p

beijinhos

B'Araújo disse...

lindo!

lindo pq é tão triste e sentido que as palavras se perdem num sentir sem sentido!

"se tu soubesses"... e será que não sabe?

um abraço

Flor disse...

"gosto de te como quem vence o espaço...."
Esta escolha foi fantástica para o que li.
Tenho em ti AMIGO,em um encanto,
Energia como essenciai....