quarta-feira, janeiro 09, 2008

Olha-me!


Anda cá!
Chega-te aqui.
Assim: Bem perto de mim.

Relaxa o corpo,
Acalma o respirar,
Abstrai-te do mundo e…
Olha-me nos olhos.
Olha-me fundo nos olhos.

O que vês?
Até onde consegues ver?
Em que dobra do sentir páras o olhar?
Em que esquina do querer, cessa a tua vontade?
Em que neblinas da alma, perdes o sentido?

Porque saltam os teus olhos,
Entre um e outro meu?
Tentas alcançar mais?
Ou sentes-te invadida?

Concentra-te!
Foca-te em mim.

O que vês?
Como me vês?
Encontras-me?
Ou encontras outro alguém,
Que te era desconhecido?

Vês-me?
É a mim que me vês?
Ou é um reflexo de ti que encontras,
Quando sentes o meu olhar
A brincar com a tua alma?

Pára!
Nem sequer tentes!
Não deixes cair os olhos!
Deixa cair as barreiras!
No jogo do olhar,
Elas de nada te valem.

Os teus olhos falam mais do que tu.
Os teus olhos falam por ti.

E os meus olhos...
Falam-te de ti!

Vem.
Chega-te aqui.
Bem perto de mim.
Não digas nada.
Olha-me apenas.

S e n t e - m e !

21 comentários:

Azul disse...

No silêncio de um olhar profundo
Desvendam-se palavras que não se revelam…

:)

Beijo
Azul

mª josé m. disse...

Ao olhar :)

Será dos meus olhos???
Senti este olhar de palavras por ai!!
Em tons de azul...

São assim as palavras, escrevem (-se) (em) silêncios e soltam-se num instante imprevisto...

Bjs

Manuela disse...

Nada mais esclarecedor que um olhar.
Já por isso alguém disse "quem não entende um olhar jamais entenderá uma longa explicação..."
E quando os olhos vêem aquilo que o coração procura estamos em sintonia com a vida...
O Olhar é o primeiro a sentir.
Muito interessante este teu post.
:)

Maria José disse...

Ousar ir mais além e entrar onde só o olhar (e não todo) ganha o terreno que outros sentidos desbravam.

Peach disse...

o que vejo?

um ser humano fantástico :)

beijos

Maria-treva-flor disse...

Quando se pensa que mais nada será possivel escerever..eis que!! e nem o olhar desvenda.

Beijo*

Memórias de Um Sorriso Luso ® disse...

Sentir ...olhos nos olhos.Lindo!

Kiss e um sorriso!

Putty Cat disse...

Chego-me perto, e o corpo contrai.
O coração acelera o passo, e os olhos cravam-se nos teus.

O que vejo?
Vejo-me misturada em ti, na retina que me capta os sentires e fotografa a alma.

Parar?
Sim.
Não consigo desviar o olhar desse cruzamento,
onde tu e eu nos encontramos diariamente.
esquinas do pensamento, caminhos de um querer maior.

Não me sinto invadida. Sinto o olhar rendido,
nesse reflexo claro, límpido e sincero.

Sabes uma coisa?

Vejo-te-me...


Brain, já que estamos numa de devaneios, olha, eu junto-me "à Festa".

Como sempre, PERFEITO!
GOSTO DE TI :)

Beijo arranhado, aqui da gata.

as velas ardem ate ao fim disse...

Não um simples olhar.

Fico aqui a Ver-te!

bjo

LNeves disse...

Há olhos que não mentem...E que dizem o mais profundo de Si...

***MUAH***

Arco-íris disse...

É a mim que eu vejo quando olho para as profudezas do teu olhar...sim estou em ti...estou dentro de ti...e sinto-te...
beijos ...muitos

Secreta disse...

Num olhar tudo é revelado.Tudo!
Beijito.

Som do Silêncio disse...

Ora muito bem...
Um texto bem ao meu estilo!
Este rapaz faz-se, tem jeitinho :)

Comentar? E dizer o quê? Tudo já foi dito nestes comentários...e sabes que não gosto de ser repetitiva...

Uma coisa apenas te digo...
Sente-se este teu texto!

Bjs

maria disse...

nao vou dizer nada,apenas fico aqui a olhar-te...:)mimito

KI disse...

http://catacumbas.blogs.sapo.pt/

Bichinho disse...

Simplesmente...olha-me...beijo fantasma.

Shelyak disse...

Perfeito, perfeito, perfeito!
E uma música igualmente linda.
Abraço que te deixo.

PAH, nã sei! disse...

de volta à realidade... foi tão bom o mel...

beijoca grande sr. pensador!!!

Jose disse...

Olá amigo.
Cheguei ao fim deste poema deu-me uma vontade louca de pegar na minha companheira de seis cordas, e começar a desnudar uma balada.
Mas não, sinto que não argumentos musicais para este belo poema.

Um abraço


José

nuvem disse...

Isto é o que se chama um olhar arrebatador! :) Beijo

Anónimo disse...

Senti...o teu sofrimento. Beijo.