quarta-feira, maio 06, 2009

Sabes


Sabes que o olhar me diz muito.
Sabes disso e sempre fizeste questão em me desafiar com o teu.

Sabes que os odores mexem sempre comigo.
Sabes disso e sempre fizeste questão em deixar os teus impregnados em mim.

Sabes que o toque me faz vibrar.
Sabes disso e sempre me cravaste as unhas, quando a dois éramos um.

Sabes que os sons me dizem muito.
Sabes disso e sempre tiveste o cuidado de me deixares os teus, bem perto dos meus ouvidos.

Sabes que há imagens que me perseguem.
Sabes disso e sempre fizeste questão de mas querer mostrar.

Sabes que nunca tive uma imagem límpida de mim mesmo.
Sabes disso e sempre fizeste questão em me manter no turvo do meu ser.

Sabes que o silêncio sempre foi meu inimigo.
Sabes disso e sempre fizeste questão em me ferires com o teu, sempre que me querias atingir.

Sabes que a distância física a mim não me importa, desde que não te sinta distante.
Sabes disso e tantas vezes juntaste uma à outra, para me atirares para dentro de mim.

Sabes tantas coisas sobre mim…
Ao ponto...
...de não me conheceres!

19 comentários:

Putty Cat disse...

Este é o mal de muita gente.

Pensa que sabe...
Pensa que conhece...

E depois vai-se a ver e não há olhar, odor, som,..., que resista!


Excelente escrito.
Like always!!



Beijos meus

Susn F. disse...

Todos nós cometemos esse horrível pecado que é acharmos que sabemos muito sobre os outros e quem nunca o fez... que atire o primeiro calhau.

Quando não achamos nada... isso é que é mau sinal.

Excelente escrito. Muito sentido.:)

Beijo

Donagata disse...

Sabemos tanto, todos, sem que saibamos nada. nenhum de nós.

O que eu sei de saber feito é que FINALMENTE escreveste mais alguma coisa para eu ler.

E eu, que nada sei, sei que gostei.

vasco disse...

Nunca se conhece ninguém, e, caso acreditemos no contrário, cometemos o risco de pensarmos conhecermo-nos a nós próprios (razão por que gostei da frase do perfil em que diz que a amizade é um refúgio para o ego). Gostei!

vasco disse...

Ah, esquecia-me: o que me chamou a atenção foi a preciosa escolha da imagem do Batty Roy no BLADE RUNNER, perto do fim, em que ele começa "Fiery the angels fall...". Um imagem de rara beleza num filme grandioso e fundamental.

pin gente disse...

os meus olhos falam
não sei porque não escutas o que de mim dizem
a minha boca pode calar-se
deixar-se afogar num silêncio
mas os meus olhos gritam e suplicam e assustam-se e suspiram e pedem
pedem-te que oiças!
que escutes... palavra a palavra
que as unas na tua boca e formes as frases, os textos, os versos, as canções...
peço-te que me oiças!
os meus falam-te tanto de mim!



um beijo, brain
luísa

Som do Silêncio disse...

Gostei tanto deste texto...
Mesmo!

Beijo simpático Brain

Som

as velas ardem ate ao fim disse...

gosto tanto de ti.

ler te reconforta a minha solidao.
bjo e boa semana

nuvem disse...

Será que é possível um dia, por mais que se conheça, "saber" realmente alguém?...

Beijos

Roderick disse...

Sim, agora já sei!

as velas ardem ate ao fim disse...

Ha tanta suavidade em nada dizer e tudo se entender.Fernando Pessoa

Sinto o em ti no teu blogge vai daí premiei te no Velas!

um bjo

Papoila disse...

Sempre tanto sentimente nas tuas palavras.

Parabéns pelo teu livro .

BF

Menina do Rio disse...

Os olhos falam mais que mil palavras...
Tem tempos!!!!!!!!!

Mas agora estou te colocando nos meus favoritos e assim não nos perdemos mais.
Tenho tido pouco tempo e acabo apenas retribuindo os comentários, sem conseguir ver todos os blogs que gosto.

Parabéns pelo livro! O meu está a caminho. Quem diria!

Walter disse...

Uma grande verdade, parece que sabemos tanto que acabamos por desistir de querer saber mais. É esse terreno pantonoso do hábito que vai revelando o que desconhecemos.
walter

Trapezista disse...

Esta música... Gosto. Costumo ouvi-la muitas vezes. É uma surpresa encontrá-la... envolta nas tuas palavras. Gosto. Sempre de ler-te...

Anónimo disse...

Sabes?...mesmo que me repita, mesmo que já alguém te dito. Sabes?eu não me importo de não ser original, Sabes? tenho andado ausente...mesmo assim a tua escrita tem estado sempre presente, Sabes?... adoro ler-te ,porque tu sabes como aumentar a minha paixão pela leitua.

e-ternamente grata!

Beijo

horroriscausa disse...

Sabes?? o comentário acima é meu.

ehehhe! sou um desastre nestas coisas do virtuatecnológico)

Beijo

Homem de Ferro disse...

Ola Brain .
Como entendo estas tuas palavras !...
Sinto Exactamente o mesmo ... mas nao o sei escrever como Tu !

Fantastico !!!

BorboletaDistraída disse...

Fantástico! Sabes isso não sabes? Mas mesmo assim quis dizer-to.

Beijos Distraidos