sábado, junho 02, 2007

Hoje...


Hoje, só me apetecia falar de ti!

De como te vi,
De como me viste,
Da forma como fomos,
Do caminho que intimamente fizemos,
De como te foste soltando para mim,
De como te deixaste levar, levando,
De como gostaste, simplesmente gostando,
De como nos fomos descobrindo,
Dos carinhos que trocamos,
Das meiguices com que nos presenteamos.

De como subiste para mim,
De como te soltaste assim,
De como te demonstraste desejosa de mim,
De como nos tivemos sem ter,
De como tudo fizemos sem fazer,
E de como isso,
Foi para nós,
Tanto prazer.

De como o meu desejo por ti é sempre mais,
De como te senti vir para mim, sempre mais,
De como cada vez que estamos é em crescendum,
De como do mais simples se faz surpresa,
De como do que mais queríamos, fizemos segredo,
De como ambos queríamos, do mesmo desejo,
De como ambos fizemos música em silêncio.

Guardo em mim o teu sabor,
Guardo em mim o teu odor,
Guardo em mim as tuas formas,
Guardo em mim o teu respirar,
Guardo em mim o teu sussurrar,
Guardo em mim tudo o que posso de ti,
Sem que para isso,
Tenha de me esforçar.

E era tanto o que me apetecia dizer-te hoje,
E era tanto o que me apetecia fazer-te hoje,
E era tanto o que queria de ti hoje,
Mas já ficava feliz,
Muito feliz,
Se apenas um beijo teu,
Pudesse comigo levar,
E quando fosse dormir,
Uma vez mais, contigo,
Ficar a sonhar!

56 comentários:

Aspásia disse...

BRAIN

MAGNÍFICO POEMA! QUE ESTOU A TER O PRIVILÉGIO DE LER QUASE "EM DIRECTO"...

APETECEU-LHE DIZER... E DISSE-O COM BELEZA E MESTRIA POÉTICA!

ACHO QUE SE "ELA" O LER, DECERTO VAI FICAR EXTASIADA, AINDA QUE O ESPAÇO-TEMPO OS TENHA SEPARADO OU ESTEJA SEPARANDO!

SINCEROS PARABÉNS E UM BOM DOMINGO

BEIJINHO:)*

Crystal disse...

E eu fico sempre, sempre assim: Sem palavras!

Acho que nunca te disse que, além dos teus textos divinais, admiro também os teus comentários e , cada vez que te venho visitar, espero ter inspiração para te deixar algo especial também, só que, tu realmente tens uma forma de escrever, uma forma de sentir, que nada do que eu pense ou diga faz sentido.Fico assim, a saborear-te e a sentir-te.

Um beijo

Putty Cat disse...

Fantástico, Brain.

É tão bom sonhar não é?
E quando temos razões para sonhar acordado, melhor ainda.

Parabéns pelo escrito. Excelente.

Beijos

Monólogos.by.Paula disse...

Brian,

TODAS as palavras que te escrevi, foram sinceras e sentidas.

ÉS, realmente, uma pessoa fantástica e com quem muito me identifico.

É muito bom sentir que quem nos lê, compreende e aceita até aquilo que, à vista de muitos, é inaceitável.

Amigo, este teu texto é o espelho da tua franqueza, da tua sinceridade, do teu desejo.

É o reflexo de tudo aquilo a que chamo de "escrever o que nos vai na alma".

Um imenso sentir de tudo o que foi vivido, guardado em Ti com uma beleza profunda para recordares sempre.

Migo, estarei sempre aqui para te ler e sentir.

Beijo grande, com um carinho imenso.

sonhadora disse...

Que "taradisses"! Que belas "taradisses"!Fabuloso poema! Que mais se pode dizer depois do que disseste? Que escreves muito bem , que transmites os teus sentimentos, emoções, comoções de uma forma tão, tão verdadeira que entram na pele do leitor.
A pessoa a quem te diriges, se é dirigido a alguém em concreto, é uma felizarda.
Eu gostava de conseguir escrever assim o que sinto, dizer o que guardo no coração, contar as emoções que pululam na minha alma e também gostava que alguém me escrevesse assim. Com este carinho, este amor, esta paixão, esta amizade... estes sentires que são tácteis, audíveis, aromatizados, doces, muito apaladados, muito, muito carinhosos.
Beijinhos embrulhados em abraços

gasolina disse...

Um hino ao bem-querer. Num tom calmo, saboreado, sentido novamente pela recordação. Embora reportando-se a um tempo que já foi vivido, não sinto nele aquela dor da saudade; antes um avivar para nós próprios quão bom foi...é como se durante o dia nos voltasse ao pensamento o filme de uma noite plena, nos apetecesse olhar o mar, sorrir e dizer às vagas " se tu soubesses"...e depois, aquela certeza que tudo vai acontecer de novo.
Que dizer mais? Está bem estruturado, senti em crescendo a emoção a subir, as mãos dadas no final. Que gostei muito, muito. E que te sinto feliz.
Um beijo

PS.: Perdoa a extensão do comment...

Maria-treva-flor disse...

Hoje, apetecia-me ler algo assim...

impulsos disse...

brain, apenas uma palavra... lindo!!
É já muito usada, eu sei... mas é a única que define o que acabei de ler.

"Guardo em mim tudo o que posso de ti,
Sem que para isso,
Tenha de me esforçar."

A isto chama-se... saudade!

Beijo num impulso meu

PS. O teu comentário no meu cantinho, deixou-me comovida... porque todos temos histórias de vida que nos marcaram, por este ou aquele motivo.
Mas é sempre bom e de louvar, conseguirmos agarrar-nos a algo, se isso não nos deixar ir arrastados na corrente forte... nem que seja uma simples música!
Outro beijo, mereces!

©õllyß®y disse...

Bela declaração de amor, em palavras poeticas que transpiram beleza...

Meu doce beijo

sonhadora disse...

O amor é bom.
O amor é excelente.
Beijinhos embrulhados em abraços

Fofa disse...

Ùm dos gestos que o ser humano tem para demonstrar carinho, ternura, saudade, amor... é o abraço.

Mas aquele abraço amplo, que envolve, conforta, aconchega e que não precisa de palavras para dizer tudo - costumo chamar-lhe o abraço ao coração, ou xi-coração - é o que mais gosto!

Foi 'aquele abraço' o que senti ao ler-te!

Bjo fofo

Lya disse...

Eu redo-me aos teus textos!

Acaste de escrever aquilo que TODOS nós sentimos, uma ou outra vez na vida. Revi-me!

beijos

wife disse...

Aquele abraço,
Muito especial e que ambos conhecemos.

Whith lots of love
TUA

Azul disse...

Olá Brain!

Em cada momento que aqui venho encontro um momento MAIOR!

É por estes e tantos outros que escreves que me fazes pensar e, em muitos deles, me revejo.

O teu "Hoje" é de uma ternura só. Faz-me lembrar aquele sorriso que só as crianças têm e que por si só nos enche a alma.

Parabéns.
Beijo
Azul

Existe uma estrela no céu que ninguem vê senão eu! disse...

O amor é assim ...... :)

Vanina disse...

Magnífico poema.Fiquei sem palavras.
Beijinho:)*

Luciana disse...

UAU, muito bom!!!
Achei bastante amoroso este teu texto!
Parabéns!!
Beijinhos

Telma disse...

Encontrei este blog por acaso, mas devo dizer que fiquei sem palavras ao ler algo tão lindo, tão sentido, tão profundo... parabéns pela coragem e sinceridade, pois nem todos gostam de assumir que sofrem (eu às vezes sou uma delas), tal como muito poucos o desabafam assim! Este blog tornou-se uma paragem obrigatória para mim...

maria josé quintela disse...

bela torrente de palavras que descreve tão simplesmente e tão sinceramente um afecto!

Vity disse...

Ola...

"E era tanto o que me apetecia dizer-te hoje..."

E tanto que disseste em lindas palavras ... e outro tanto que manifestaste em puros sentimentos...

Dos beijos podes levar o sabor ... e no sonho manter vivo esse amor...

Lindo
Beijos
Vity

Estranha pessoa esta disse...

.................












...........

Secreta disse...

Podes levar tudo dela contigo . Para isso basta fechares os olhos ... e sentir!
Beijito.

Utzi disse...

Que magnífica declaração de amor :)

Beijos

Isabel disse...

Amigo Brain perdão. O teu dia de anos passou-me.
Devias ter-me avisado sabes. Sou má em datas mas gosto de celebrar as que para mim são importantes. O teu aniversário seria importante.
Ainda assim muitos parabéns meu amigo. Todos temos o nosso lugar no mundo mas o mundo devia ter mais lugares ocupados por pessoas como tu.
És daqueles que me alegra pensar que um dia uma mãe te deu à luz e com o tempo te foste tornando o grande homem em constante crescimento que tens mostrado ser.
Parabéns sentidos, mesmo.

Um poema cheio de sentimento este.
Um poema de amor doce
Com muito desejo a trepar pelas letras
Com alguma saudade espreitando por ai, mais um outro tipo de saudade diferente escondida entre as palavras.

Que forma bonita de guardar de guardar as memórias na caixinha das recordações, que forma bonita de guardar sobre a pele as sensações vividas.

Dormir com o sabor de um beijo guardado num sonho... que bom e belo sonho!

Isabel

Vida disse...

Hoje, amanhã e depois, só me vai apetecer falar de ti com estas palavras que tão bem sabem dizer o amor e a saudade.

Beijo.

Som do Silêncio disse...

Olá Brain!

És uma pessoa muito bonita, sabias?
As tuas palavras assim o mostram.
Essa tua declaração é simplesmente doce!

Beijo Silencioso

Claudia disse...

Às vezes apetece tanto não é?...

Beijo

gasolina disse...

Voltei Brain.

Apeteceu-me ler-te de novo.
E de novo surgiu o peso e importância que as palavras têm: as ditas e as que se olham.

Um beijo.

su disse...

Quando a vontade fala mais alto do que a razão...as palavras são as mais sinceras que o coração permite revelar.
Há memórias que ficam escondidas nas dobras do sonho e acompanham-nos nos retalhos de vida fora.

Belo.

sonhadora disse...

e saio a sonhar. Adorei!
Escreves com a sangue a borbullhar.
Beijinhos embrulhados em abraços.

Cris disse...

Sem Comentários Possíveis. Este texto está com uma beleza e intensidade magnificas!

Beijinhos

Cris

Brain disse...

Há já algum tempo, que perdi o hábito de comentar os comentários que me são deixados.

Prefiro retribui-los em visitas aos espaços dos autores.

Mas os comentários proferidos a este meu post, leva-me a abrir uma excepção.

A todos(as) o meu MUITO OBRIGADO pelas palavras e principalmente, pelo carinho aqui deixado.

Beijos e/ou Abraço a todos, um por um, individualmente.

Ana disse...

Expressaste de uma forma mágica algo que senti no corpo e alma.

Não deixes de sentir assim...

sonhadora disse...

Esta noite povoaste um sonho meu.
Doces momentos.
Beijinhos embrulhados em abraços!

Vanina disse...

Hoje apetecia-me falar contigo. Onde estás?
Beijinhos

Morrigan disse...

Hoje...tens saudade. O que significa que o que tiveste ontem foi de facto significativo. Lindas as tuas palavras...como sempre

Rosa Maria disse...

E num sonho, podes levar tudo o que quiseres....

madrugada disse...

Brain,
Sumptuoso poema.

Abraço.

mulherde30 disse...

Por vezes, desejamos tanto... e ficamos felizes com algo tão simples como um beijo, ou a companhia de alguem importante, pertinho de nós, como se nos embalasse nos sonhos...eu sei.

Kanoff disse...

The year's at the spring,
And day's at the morn;
Morning's at seven;
The hill-side's dew-pearl'd;
The lark's on the wing;
The snail's on the thorn;
God's in His heaven-
All's right with the world!

Kanoff disse...

The year's at the spring,
And day's at the morn;
Morning's at seven;
The hill-side's dew-pearl'd;
The lark's on the wing;
The snail's on the thorn;
God's in His heaven-
All's right with the world!

Solitária disse...

Passei para deixar um beijo e desejar um bom fim de semana...

©õllyß®y disse...

Olá, Pois então somos desta linda Cidade Invicta...desculpa não ter vindo mais cedo agradecer a Tua visita e as palavras tão doces que deixas-te, e os links, eu brevemente os irei colocar...

Meu doce beijo e um até breve,

gasolina disse...

Brain,

Só para desejar um fim de semana super!

Beijo, fica bem

Vanina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
bom dia isabel disse...

E era tanto o que eu queria ler hoje! E este poema veio ao encontro deste meu desejo.
Beijinhos

Andarilhus disse...

É bom ver (ler) e sentir a fusão do Sol no Mar, no momento do crepúsculo. Algo nos diz que não é o fim; é o início de uma grande odisseia tão íntima e afastada da comunidade, do comum dos mortais ou dos menos despertos para a vida... apesar de estar ao alcance de todos... é só cerrar os olhos e deixar que o coração seja gestor dos sentidos.
Algo que nos supera na razão; algo que se sobrepõe em sim no nosso não. Tão bela, tão humana esta nobre rendição… e deixar que a simplicidade defina o que imensamente complexo nos suporta. E deixar que o destino espontâneo deforme a embalagem de tantas crenças e convicções individuais (e às vezes, egoístas)…
É bom amar…
E tu, Brain ¬- digo-te, por, errada ou certa, sensibilidade – redescobriste o AMOR (não que o tenhas esquecido, mas porque vestistes armas para procurar o teu centro, o teu balanço). Já deves saber como sou… 
Um abraço
“(ºvº)”

a.h. disse...

Que este "Hoje" seja um sentir e um viver continuado.
Mesmo se a Vida por vezes "se troca um pouco".
Há diferença entre o dizer por dizer e o escrever porque se sente.
Aí reside o verdadeiro valor e a riqueza de um poema.
Rico o seu "Hoje".
Tudo de bom.
um abraço,

sonhadora disse...

Sonha. Sonha sempre.
Beijinhos embrulhados em abraços

NARNIA disse...

"Hoje" e SEMPRE!
Perfeito!!!

Beijinho*

Som do Silêncio disse...

Olá!

Vim aqui reler-te...w como semrpe, saio satisfeita!
:-)

Beijo Silencioso

Branca disse...

Nunca ouviste dizer que enquanto dormimos a nossa alma sai de nós e vai passear?
Então ela encontra-se com outras almas com as quais fica a conversar, até que nós começamos a despertar e apressadamente tem que regressar...
Pede-lhe que nessa caminhada a encontre e que viva tudo que queres viver hoje...

Beijinhos e boa semana :)

borrowing me disse...

mais uma vez fiquei sem folego para qualquer outra respiração depois de ler este texto...
falas do coração
sente-se a tua alma, o teu carinho em cada letra, em cada palavra que escolhes para deixares transparecer o que muitas vezes não têm explicação possivel em texto

boa semana

Existe uma estrela no céu que ninguem vê senão eu! disse...

Ainda a falar ... :P

Cris disse...

.....

beijinho e bom Feriado (se estás por Lx)

Cris

Monólogos.by.Paula disse...

Migo,

Como consegues estar tanto tempo sem escrever?!

A tua escrita aconchega-me...

Bjinho com saudades